Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2014
Já fui mordida de cobra e sou uma gata escaldada.
Mas que ruim viver a vida esperando sempre o pior.

Sonhar dói.

Um dia eu vi que tínhamos uma criança. Não sei se foi uma visão ou foi minha imaginação, mas era algo tão real quando olhava minha barriga grande, redonda, com seu filho dentro. Guardei essa imagem comigo por muito tempo, guardo até hoje e nela acredito piamente. "Um dia vai acontecer, um dia vai acontecer. Eu tenho certeza. Não acredita em mim? Eu vou ter um filho com você". Às vezes você leva na brincadeira, outras vezes percebo que  viaja na minha viagem e até imagina junto comigo como seria. Acreditei nisso durante um bom tempo, mesmo quando você nem estava mais comigo. Eu tinha certeza. Eu sentia que sim. Até hoje. Hoje a esperança morreu. Ela morre também, sabia? Mesmo sendo a última. Tarda, mas não falha. Morre.   Hoje, nas poucas horas ociosas do dia, fiquei pensando... esse meu "negócio de ver" é só vontade que aconteça. Não tem nada de vidência, de sexto sentido, de intuição. Hoje eu sei que é assim. No fundo, no fundo, sei que nunca irá acontecer tudo …

Estranho amor

Não importa com quem você se deite
Que você se deleite seja com quem for
Apenas te peço que aceite
O meu estranho amor...

(Caetano Veloso)
Surpreenda-me! Estou entediada!!!
Pois vá embora, por favor, que não demora pra essa dor sangrar...
"Os meus olhos estão cansados de tanto olhar, esperando o que me prometeste, eu pergunto: 'Quando tu vens me consolar'?
Sou tão inútil como um odre cheio de furos, porém não me esqueço dos teus mandamentos". Salmos 119: 82 e 83Aquele momento em que você tem plena consciência que é só você e Deus no mundo.
"Todos nós estamos numa fila invisível da morte onde ninguém sabe o número de sua senha. A qualquer momento alguém grita ´14´, era você! E não adianta empurrar a morte pra cima dos outros não. A morte chega, você diz ´tanto bandido aí'. A morte diz, ´psiu, não empurra pros outros, é a sua vez´. O segredo é brincar, se divertir, pra que o dia que a morte chegar, ela só leve seu corpo, que não leve nenhum dos seus sonhos, porque você viveu tudo aqui, porque Deus foi contigo". 
(Pr. Cláudio Duarte)