Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2005

Paulo Afonso

Estou aqui em PA na casa de mamãe. Aqui é bom, vocês não têm nem idéia.

Ontem eu encontrei uma colega de loooooongas datas. Sabe aquelas amigas que de tanto você andar com ela passa a falar as mesmas coisas com a mesma entonação na voz e até as manias passam ser as mesma. Então, com Werllinha era assim. Ela tinha uma mania de pegar um mecha do cabelo lavado e ficar cheirando. Veja só, e eu ia na mesma onda, a gente conversava e de instante em instante cheirava o próprio cabelo. Fora isso, a gente tinha uma mania de quando queria mangar de alguma coisa em vez de falar: "Boniiiito!", exclamava: "Bíííuriful!" (Beautiful). Era disso pra pior.
Ontem eu a encontrei. Engordou um pouquinho, casou e tem um filhinho de nome bem diferente -Iasek (não sei a grafia correta). Ela ficou paralisada quando me viu, pensei que não estivesse me reconhecendo, mas na verdade tinha ficado surpresa.
Foi muito bom vê-la e lembrei logo de tudo que a gente aprontava no tempo…

Anta Nordestina

Eu sou uma anta mesmo. Consegui acidentar-me a mim mesma.
Minha mãe recentemente também conseguiu a mesma proeza, queimou-se a si própria com uma bolsa de água quente, receita de minha vó pra curar uma dor teimosa no braço. Diz mainha que não sentiu nada na hora, absolutamente nada, não sei como, só notou o estrago quando as bolhas começaram a aparecer. Ficou na carne viva, uma coisa horrível. Pra completar, ela feito criança, estorou as bolhas. Argh! Aí foi pior, um líquido amarelado ficou escorrendo e ... credo! Que nojento! Só de lembrar me dá uma agonia acrescida de uma fraqueza nas pernas e nos braços.

Já um tio meu quase perdeu sua própria unha orando. Sim, orando. Estavam todos de joelhos na hora do culto e após o amém ele foi levantar-se e para isso apoiou uma das mãos no joelho que já tinha sido erguido. Não sei se foi castigo pela semelhança com a coreografia do "bota a mão no joelho, dá uma abaixadinha", se foi, o castigo veio à galope, porque ele…