Eu sou do Trecho


Ser do trecho é arrumar as malas sem saber o que vem pela frente com
uma única certeza: eu tenho que me acostumar!
É estar longe da família e dos amigos de confiança e conviver com
pessoas que, geralmente, nunca viu e tentar fazer delas seus novos
amigos, pois é com eles que estará convivendo dali pra frente.
É não ter todos os dias o abraço da mãe, do pai, dos irmãos, do marido
ou da esposa; e gastar um dinherão de telefone para poder apenas ouvir
a voz deles.
É ter a alegria de reencontrar um amigo de trecho que não via há anos,
se emocionar e constatar que "o mundo é grande, mas o trecho é
pequeno".
É acordar bem cedo para ir pro trampo e não saber que horas vai
voltar; mas se sai mais tarde fica feliz de anotar mais uma hora extra
no seu caderninho.
Ser do trecho é cochilar depois do rango no serviço em qualquer lugar.
Ser do trecho é falar mal do Gato (firma) quando o dinheiro não cai no
dia certo e sair espalhando que não caiu.
Ser do trecho é sair espalhando que a grana caiu e já aproveitar pra
chamar a turma para comer água mais tarde (se tiver baiano então...)
É fazer, geralmente, trabalho desgastante e de responsabilidade,
correr riscos, e estar sempre com o sorriso no rosto.
Ser do trecho é ficar louco para ir para casa ver a família, sempre
está ligado em promoções de passagens aéreas pra poder visitar a
família.
É sempre passar um tempão tentando explicar pq leva essa vida e
ninguém nunca entende, mas não precisa ficar muitos dias, porque não
consegue mais ficar longe do trecho... é querer logo viajar de novo.
É ter tudo cabendo em uma mala bem grande, e deixar o resto pra trás
nas repúblicas por onde passa.
Ser do trecho é ser amigo, ser divertido, ser carente, ser batalhador.
É sempre saber jogar dominó, baralho, sinuca ou tótó.
É não ter feriado, fins de semana ou qualquer outro tipo de folga e
sempre está pronto pra trabalhar fim de semana.
É ter a sanidade mental posta em cheque antes dos 5 meses de trabalho
no Gato.
É ter vontade de desistir, Puxa... tem horas que dá vontade de largar
tudo e ir embora... tem horas q bate um desespero... em pensar na
turma, na namorada longe, na familia...
É não se apegar ao teu lar, pois ter que se apegar a um lugar fixo
deixará tua alma irriquieta e ansiosa peloa amanhã.
É fazer muita amizade, conhecer lugares diferentes, culturas
diferentes, a gente conhece o nosso País.
Ser do trecho é uma questão de estilo: ou vc tem ou vc não tem.
Se fosse pra ter um adesivo no carro, o mesmo seria: "Orgulho de ser do trecho"
Só quem vive sabe como somos e como estamos...
Somos Guerreiros e pensamos em um futuro melhor para os nosso filhos.
Tem gente que diz que a gente é bicho burro, mas eu digo:
A gente é gente BOA!

Comentários

  1. Só hoje eu vi esse post. Muito bom. Será que vc tá com saudades do trecho? Eu penso que não.

    ResponderExcluir
  2. Muita saudade. Apesar de achar que não volto mais pra ele.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo6:52 AM

    MINHA VIDA NO TRECHO COMEÇOU AGORA E JÁ ME APAIXONEI POR EL..

    ResponderExcluir
  4. Difícil largar o trecho. A gente até tenta, mas não consegue. Ói eu de novo nele!

    ResponderExcluir
  5. Anônimo6:23 PM

    é verdade depois que a gente sai 1 vezes pro trecho fica dificil de voltar pra terra natal...Mas tenho muito Orgulho de Ser trecheiro....

    ResponderExcluir
  6. Anônimo3:09 PM

    Só quem viveu sabe, o que é ser do trecho, tenho saudades, mas o destino a Deus.

    ResponderExcluir
  7. Tenho orgulho por ser do trecho, e falo de peito cheio.......

    ResponderExcluir
  8. Anônimo10:55 AM

    aparabens qm escreveu e td q passamos no trecho abraco

    ResponderExcluir
  9. Anônimo10:50 PM

    Sou do trecho e amo o trecho, não sei vier se não for no trecho!!!!!
    uma vez trecheira, sempre trecheira... Amo ser do trecho!!!!

    ResponderExcluir
  10. Anônimo3:49 PM

    trecho e o q liga # S11D

    ResponderExcluir
  11. Trecheiro no sangue de pai pra filho e neto kaba nao trechaoooo

    ResponderExcluir
  12. Robson lim8:01 AM

    O trecho não é pra todos...e sim pros que tem sague no olho.
    Vivemos porque amos o que fazemos...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seu comentário aqui é soberano!

Postagens mais visitadas deste blog

Como curar panela de pedra sabão - a saga

Cortina Longa x Cortina Curta