Que seja assim


É a tal "hora de morfar", como costumo dizer. De novo chegou o momento de morfar e mudar de vida, de casa, de cidade. Que pena de deixar as minhas coisas, o meu conforto. Mas, depois de algum tempo e de algumas andanças por esse Brasil, a gente passa a entender que as coisas envelhecem, se estragam, desaparecem e que nosso lugar mesmo é ao lado daqueles que amamos. Como aqueles que eu amo estão espalhados pelo mundo, meu lugar é pelo mundo! Aqui já não tem mais nada para mim, preciso ir, andar, conhecer novos lugares, novas pessoas. É sempre assim, há tempos é assim. Que seja assim. 

Comentários

  1. Amiga, pense na mudança como sentido de missão, em cada pessoa que você poderá levar um sorriso, uma palavra amiga e até mesmo aos caminhos do Senhor. Boa nova jornada!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seu comentário aqui é soberano!

Postagens mais visitadas deste blog

Eu sou do Trecho

Como curar panela de pedra sabão - a saga

Cortina Longa x Cortina Curta