Páginas

sexta-feira, 20 de março de 2015

Por muito pouco

E quem pode comigo quando eu digo tudo o que sinto?

Caio Fernando Abreu

Por muito pouco eu quase esqueci o quanto você é do mal. Ao seu redor uma aura negativa, um círculo de pessoas negativas, falsas e mentirosas, assim como você. Você, com sua vozinha mansa e modos polidos, dissimulado. Por um momento eu quase esqueci que perto de você são só trevas que inundam e roubam minha luz, me entristecem, me deixam pra baixo. Armadilha que conheço bem e que, por muito pouco, quase caio novamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário aqui é soberano!