A importancia de se ter amigos


A vida perde o sentido de ser quando o homem conquista tesouros e não tem um amigo para compartilhar as suas vitórias e todos os desafios que precisou enfrentar para usufruir da riqueza material. O que adianta para o ser humano aprender a sorrir se não tem com quem dividir uma sonora e gostosa gargalhada? Sentir e compartilhar um terno abraço num dia de chuva, emprestar o seu melhor e mais bonito casaco para aquecer um amigo que sente frio. Falar palavras doces para adoçar a vida e a alma deste mesmo amigo que sente medo e tristeza, fazê-lo enxergar as belezas que a arte de viver pode proporcionar durante a caminhada.

Repartir um pedaço do mais saboroso bolo de chocolate que você aprendeu a fazer. Partilhar conhecimentos e ensinamentos, a sabedoria em gotas, dia-a-dia com a mais pura alegria, não concentrar em si mesmo o poço do saber, pois viver é aprender a dividir e não somente multiplicar. Quando o homem divide ele passa automaticamente a somar. O saber só adquire poder quando é passado de uma mente para outra, de uma pequena fonte que, um dia, vai desaguar num imenso mar. Amar um amigo é perpetuar o sentimento mais sublime que existe na face da Terra, o amor que sempre vem recheado das melhores e mais encantadoras surpresas, de uma beleza que invade o espírito e o coração do homem, como uma brisa de paz que transforma qualquer tempestade num pequeno e fugaz chuvisco, um furacão em apenas um minúsculo cisco.

Um amigo fortalece o espírito, transforma um grito, um pedido de socorro num desejo muito grande de companhia, na felicidade de segredos e sonhos confidenciados. Cadeados quebrados pela confiança e fidelidade, por laços de irmandade. A verdade colorida vencendo a frieza da mentira incolor e o amor crescendo, de fora para dentro, costurando os mais sólidos e intensos sentimentos, emoções que não evaporam rapidamente, sementes que darão os frutos mais suculentos, as flores mais bonitas e árvores resistentes a qualquer insistente temporal.

Desejo a todos os amigos que conquistei, no passado, um presente cheio das mais ricas lembranças e um futuro com o reforço da confiança que um dia eles me confiaram. Conquistar novos amigos e companheiros para a viagem que o homem denominou de vida e que esta experiência seja uma das mais nobres metas para o ano que se aproxima.

(Escrito por Fabiana Barros. Retirado do site Artecult.com)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eu sou do Trecho

Como curar panela de pedra sabão - a saga

Cortina Longa x Cortina Curta