Páginas

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Advogado do diabo

Tão estranho ver alguém fazer o papel de advogado do diabo... estranho como vejo tão claramente o lado espiritual das situações. Como sinto, como percebo, como reajo. Reação é a pior parte. Sempre reajo da forma errada. Se é que nessas situações existe forma errada...
 
A luta é cada vez mais espiritual, mas a sinto na carne, na alma. Cansada, cansada... mas ainda consigo rir e chorar das minhas desventuras (para não falar desgraças). E sigo lutando sozinha, porque sempre foi assim. Ou pelo menos sempre senti que fosse assim, apesar de ter certeza que não.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário aqui é soberano!