Páginas

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Razão e Sensibilidade

- Ninguém deve se casar sem amor.

- Mesmo sem amá-la, acho que ele ficará feliz por saber que manteve a palavra. Apesar de ser tentadora a ideia de nossa felicidade depender de uma pessoa, nem sempre é possível.  Devemos aceitar (...)

- Sempre resignação e aceitação.  Sempre honra, prudência e dever. Elinor, onde está seu coração?

(Jane Austen)

Um comentário:

  1. O livro eu não li, mas o filme é um dos prediletos da minha coleção.

    ResponderExcluir

Seu comentário aqui é soberano!