E ele seguiu a receita


Preencha o receituário e aceite as recomendações, moço. Olhe dentro dos olhos dela e confesse que faz por mal. Se a sua intenção for das melhores, você vai escolher perdê-la de vez agora para, quem sabe, sentir a falta dela e descobrir que foi melhor assim. Que alguns estados são terminais. E que o diagnóstico só é dado quando é tarde demais pra gente admitir que não é a pessoa certa pra alguém. Confira as músicas que ela ouve e o sorriso débil de quem não tem mais forças. Mas ela ainda sorri, e é por você. E tenha alguma compaixão por si mesmo para deixá-la ir. Os médicos agradecem. 

Desligue as máquinas e corte a respiração ruim dela. Ela vai aprender a lidar com outros ares. 

Siga essa receita até o fim e entenda que ela sofria da doença de amor errado. Perca-a de vez. Ao contrário do que ela pensa, ela não vai morrer por você. Nem da falta de você. 

( Daniel Bovolento )

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eu sou do Trecho

Como curar panela de pedra sabão - a saga

Cortina Longa x Cortina Curta