Páginas

terça-feira, 13 de maio de 2014

Gatinhos de rua


Esse é o último gatinho de rua que pego. Não vou mais fazer isso. Primeiro eu não tenho espaço adequado para cuidar deles, segundo não tenho dinheiro suficiente pra gastar com veterinário, remédio, castração, e depois entregar pra uma pessoa que não tenho certeza se vai cuidar direito. Eu cuido como cuidaria de um bebê. Dou comida, banho, limpo cocô, dou remédio, levo pra médico, compro brinquedo, tenho o maior amor. Os gatinhos chegam aqui em casa machucados, doentinhos, couro e osso e saem gordinho, sadio e com pêlo macio. Aí, aparece uma pessoa que o adota e devolve sem motivo nenhum ou então é alguém que vai deixar o bichinho ir pra rua e, mais cedo ou mais tarde, morrer atropelado ou envenenado. 

Sábado fui entregar a Ratinha e vi que a adotante deixa o outro gato dela ir pra rua. O gatinho macho, que parecia ser da mesma idade da Ratinha, estava com a orelhinha toda machucada do cachorro, que também é dela, morder. Só não trouxe a Ratinha de volta porque não tenho como ficar com ela no apartamento até aparecer outra pessoa. Não tenho espaço adequado, não tenho onde colocar tantas caixas de areia, não há um lugar onde eles possam brincar tranquilos, não tenho ninguém aqui que possa me ajudar a cuidar deles. 

Um dia quando eu tiver uma casa com um espaço maior onde eles possam ficar esperando adoção sem ir pra rua, sem correr perigo, quando eu tiver um emprego fixo sem ter que viver pensando em demissão e  em como me virar nos meses de desemprego, aí eu volto a cuidar dos filhotinhos de rua. Enquanto isso, vou cuidar com muito carinho das minhas quatro filhotas e fechar os ouvidos pros miados dos outros bichinhos. 

Triste. 


3 comentários:

  1. Mais um? Vamos ver se cumpre essa promessa.

    ResponderExcluir
  2. Vi sua cara de desapontada quando deixou a gatinha! É estranho como as pessoas querem criar os bichinhos sem responsabilidade!
    Ah... Conheço essa barriga da foto! rsrsr

    ResponderExcluir
  3. Vi sua cara de desapontada quando deixou a gatinha. E também fiquei assustada com a forma que a mulher cria os bichinhos!!
    Ah... conheço essa barriga da foto! rsrsrs

    ResponderExcluir

Seu comentário aqui é soberano!