Livro de Janeiro: Segredos do Passado

Só consegui terminar hoje o livro de janeiro. Esse foi um livro atípico, porque eu nunca, jamais, em hípótese nenhuma corro para saber o final da história. Tá certo que todo vez que começo um livro novo eu leio o último parágrafo. Mas apenas o último parágrafo, nenhum a mais, muitos menos uma página atrás. Gosto de ficar imaginando o final, mas nunca procuro ter certeza dele. Não foi o que aconteceu com Segredos do Passado (Danielle Steel). A ansiedade pelo desfecho da história foi maior do que meus critérios de leitura, e me fez ir até o Epílogo para, com lágrimas nos olhos, me certificar do desfecho do casal protagonista.


"E, agora, quando fecho meus olhos, ela não é velha... seus vestidos não são pretos ou puídos... ela não está mais assando biscoitos... está sorrindo para mim, tão jovem e bela quanto foi um dia... e está dançando em suas sapatilhas de ponta enquanto Nikolai Obrajensky sorri e a admira. E acredito que, de certa forma, eles finalmente estão juntos".
fim

Agora preciso correr com o livro de fevereiro. A trilogia Millenium bagunçou meus planos de leitura. Fevereiro está na metade e tenho que dar conta de mais de 500 páginas do Homens que Não Amavam as Mulheres. Simbora!

Comentários

  1. Oba! Agora passe pra cá que eu quero ler. Mas não devia ter contado o final. Eu não gosto de saber antes de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oxe, e quem disse que eu contei? Leia e saberás!

      Excluir

Postar um comentário

Seu comentário aqui é soberano!

Postagens mais visitadas deste blog

Eu sou do Trecho

MINHA ROSA É ÚNICA NO MUNDO

Como curar panela de pedra sabão - a saga