Passeio Fotográfico

Ainda estava tentando me entrosar com a nova câmera cheia de tantas funções. Ainda tentando me inteirar com o modo manual, ISOs, focos, aberturas, velocidades diferentes, zerar a régua, focar, desfocar, macro, zoom, profundidade de campo,  regra do terço, elementos perturbadores... 

No final do passeio fotográfico ao Mercado Municipal de Aracaju eu já estava deprimida, pensava que nenhuma das minhas fotos tinha saído boa e com isso perdi o que poderia ser A foto da exposição. Meio-dia de um domingo, 1 hora e meia depois de vários cliques, sol, suor, risos e lágrimas (adoro um drama!) cheguei em casa cansada e com a certeza que não nasci para ser fotógrafa. Resultados na tela do computador... e não é que eu gostei da minha visão sobre as frutas, legumes e verduras do mercado, sobre as flores e os objetos de artesanato, sobre as pessoas que trabalham ali e as que passeavam por lá? Tanta informação a ser registrada e tanta beleza. Cores e formatos diferentes. Sabores. O professor atento ao nosso desempenho e tirando todas as dúvidas. Claro que os parâmetros - câmera, fotógrafa e professor - bem alinhados, só trariam bons frutos. 

Agora a luta vai ser escolher uma, apenas uma, somente uma foto para a exposição desse domingo. Ai, céus, ao mesmo tempo que acho todas as fotos lindas e muito coloridas (amo cores!), meu olho altamente autocrítico só enxerga os defeitos e o "ai, eu deveria ter feito de outro jeito" me consome. 

O curso foi perfeito - super indico! Fiquei feliz também pelas amizades que fiz com ele. Espero bons resultados de agora em diante desses 3 dias de muito aprendizado. Boas fotos, é o que desejo.

Arco-iris de pimentas para afastar mau olhado.

Flores para perfumar a vida.

Nosso modelo.

Essa poderia ser A Foto.  A ideia das 5 mulheres cajazeiras
era boa, pena que não pude realizá-la a contento. 

Comentários

  1. Como te disse: fotografia é prática. Com mais um tantinho de saídas fotográficas e os cliques do dia a dia, você estará fotografando divinamente.

    E para quando vamos marcar nosso dia fotográfico? o/

    ResponderExcluir
  2. Suas fotos ficaram muito boas. Dica: seja mais "poetisa" e menos engenheira. E tenho certeza que cada vez mais vc fotografará tão bem quanto escreves. Portanto mais alma e menos técnica. Não se preocupe muito com os termos. Basta olhar de forma diferente para tudo que a cerca cotidianamente e assim verás em cada enquadramento pessoal uma fotografia. Mesmo sem máquina é possível fotografar mentalmente.

    Bem isto é apenas a opinão de alguém que também curte este hobby há algum tempo.


    abraços

    PS: Dica: quando puderes dê um pulinho aí pertinho em S.Cristovão e Laranjeiras. Cada rua e esquinas são verdadeiras pinturas. Carregue as baterias e boas clicadas.

    ResponderExcluir
  3. Ficaram lindas as fotos, parabéns Engenheira Fotógrafa! rs Ah, minha câmera não tem modo manual, mas pra tudo se dá um jeito... Um cursinho de fotografia eu faço, pra melhorar minha performance e tirar fotos lindas em todas as viagens e passeios q ainda farei! rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  4. as fotos estão todas lindas, mas me chamo mais atenção foi o a foto do menino sentado no chão...

    ResponderExcluir
  5. Esse menininho é lindo mesmo!!! A foto tinha que ser bonita tal qual ele.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seu comentário aqui é soberano!

Postagens mais visitadas deste blog

Eu sou do Trecho

Como curar panela de pedra sabão - a saga

Cortina Longa x Cortina Curta