Eu falo dormindo. Ora! Normal. Acho que metade da população do mundo fala dormindo. A outra metade, ronca. Prefiro estar na primeira metade.

Sábado à noite minha amiga Jamille dormiu na minha casa. No domingo pela manhã me contou que eu tinha a acordado no meio da noite, agarrando nos seus cabelos violentamente e dizendo: "Quem é você?"
Ela, tadinha, tentando fazer com que eu entendesse e soltasse suas madeixas, repetia: "Sou eu, amiga, Millinha!"

Outro dia, ou melhor, outra noite, ela conta que eu levantei da cama, fiquei sentada e bradei com todos os pulmões: "Ai, meu Deus!". Depois deitei e continuei a dormir calmamente.

Eu normalmente não lembro de nada, mas já acordei e me vi em pé na porta do quarto do meu irmão falando fantasmagoricamente: "Fe-liiiipe! Fe-liiiiipe!"

Também já acordei outra amiga minha pra falar alguma coisa. Diz ela que eu parecia estar acordada pois falava convincentemente: "Liliu, Liliu, acorde! Ói as parede! As parede, Liliu!". Pesadelo de engenheiro, na certa.

Já uma amiga de mainha, passando feriado na minha casa, me acorda no meio da noite. Na certa querendo começar um diálogo com outra sonâmbula, dizendo: "Santinho, ô, santinho!". Sua filha ouviu tudo, nos contou (mangando da nossa cara, obviamente) e até hoje a gente se chama de Santinho quando estamos acordadas.

Agora, triste é quando se tem algum sonho erótico ou proibido e acaba-se revelando tudo.
A mesma amiga Jamille confessou que teve um sonho erótico com um cara que trabalhava na mesma escola que ela. Ele era um gatinho, mas ela não suportava sua "gabolice" e "metideza". Mas durante o sonho em que ela se dava muito bem com ele, falou em voz alta e com um tom sensual: "Danieeel..."
Seu marido, ao lado, notando o tom "gemente" da esposa, aproveita pra saber mais alguma coisa e passa a perguntar: "Daniel? Quem é Daniel?"
Sorte da minha amiga que além de falar dormindo, também tem sono leve. Ao ser indagada, acordou, percebeu a situação e fingindo dormir continuou: "É um cara chato. Muito, muito chato!"

Seu irmão já não teve a mesma sorte quando sua esposa o ouviu falar entre gemidos: "Ai, tá gostoso! Tem muita mulher aqui!".
Vixe! Do jeito que a mulher dele é braba, ciumenta e possessiva, imagino a confusão que deve ter dado.

Falei e Disse
(meio acordada, meio dormindo)

Comentários

Postar um comentário

Seu comentário aqui é soberano!

Postagens mais visitadas deste blog

Eu sou do Trecho

MINHA ROSA É ÚNICA NO MUNDO

Como curar panela de pedra sabão - a saga