Leveza do ser

Entre amigos as frequentes censuras afastam a amizade.
Confúcio

Eu me amarro na liberdade, gosto de ser livre para ir e vir. Não curto censura, regras, nem normas de conduta. Sou indisciplinada, libertária, revolucionária. Sou fã de Martinho Lutero, Nelson Mandela, Martin Luther King, Mahatma Gandhi. Sou fã de gente corajosa e honesta que muda a história da humanidade, que não se conforma com a injustiça, nem se rende às convenções errôneas da sociedade, sejam elas quais for. 

Apesar de ser assim, ultimamente não ando brigando nem em reunião de condomínio. Ultimamente estou tentando levar a vida da forma mais leve que eu puder. Tenho um temperamento explosivo, sou estressada e boca-dura, mas em virtude de um problema de saúde adquirido durante os meus quase 10 anos de engenharia, tento não me esquentar mais diante das incompreensões, injustiças  e críticas. Estou dizendo que tento. Tento sublimar, amenizar, mas confesso que a tarefa é bem difícil. 

O meu blog sempre foi o meio que usei para desabafar, para "falar", para não morrer de câncer. Sempre escrevi minhas impressões, minha revolta, minha forma de pensar. Não quero aqui ser formadora de opinião, escandalizar alguém ou fazer chacota com quem quer que seja. Tudo o que conto refere-se a mim mesma, porque na minha procura pela leveza de ser, procuro rir até das minhas desgraças. 

Nesses 8 anos de blog fui elogiada pelo leitores e amigos. Amigos reais, e virtuais também, que fiz através desse meio. Tive meu blog como destaque por duas vezes como o melhor da semana através do site do blogger.com.br, tive meus 15 parcos minutos de fama. Mas também fui algumas vezes criticada pelas coisas que escrevi. Tive bons bate-boca com anônimos ou não. Lavei roupa suja, xinguei, expulsei. Lembro de casos onde um "irmão" me criticou por usar o pseudônimo de Soberana. Explicou que uma cristã não podia se chamar dessa forma, que era um título para deusas pagãs egípcias, da Grécia, da Roma Antiga... da casa do c@r@... foi o que respondi. Outro me criticou por causa da forma como falo com minhas primas chamando-as carinhosamente de "vaca" (agora mudou pra jeguilda)... enfim... sempre teve alguém pra me censurar ao se mostrar insatisfeito com o que escrevo aqui, no meu cantinho. Eu falei MEU cantinho. 

Algumas pessoas com tão pouco senso de humor tenta tornar cinza meu cantinho cor de rosa, mas entendo que muitas vezes é muito mais fácil criticar que compreender. Já eu cansei de dar murro em ponta de faca e de discutir por questões banais. Cansei de hostilizar e ser hostilizada por causa de assuntos subjetivos. E falar sobre temas resolvidos pelo tempo para mim, é como chutar cachorro morto.

Só por hoje eu não quero mais brigar. Só por hoje eu vou tentar compreender. Só por hoje eu só quero sorrir (mesmo que seja um sorriso triste de cansaço ou de decepção) e dizer que eu sou sua amiga, que eu te amo incondicionalmente, e seja sempre bem vindo(a) ao meu cantinho. 

Comentários

  1. Amiga, vc não escreve, vc esculacha, gabarita, como diria o carioca. Com o tempo a gente diminui a intensidade do drama, mas nunca o reduz em sua essência. Não é à toa (com ou sem crase?) que estou nesse momento notando um indicador à direita que mostra que mais de 6000 vezes seu blog foi visualizado!

    ResponderExcluir
  2. This is true, Flavinha! Mais de 6 mil acessos! Iupi!!! Quase 7 mil. Beijosss e vc tb sempre arrasa. Somos Tops de Linha, não é? Forever! rsrsrs!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu já te falei o que acho sobre isso tudo. Não vou falar mais nada.

    ResponderExcluir
  4. Por que meu comentário não chegou? Será culpa desse meu computador jurássico? O meu notebook novinho, tão bonzinho, deu pau e agora tenho que usar este.
    Mas o que tinha a dizer (vamos ver se agora vai) é que não se perturbe com censuras e críticas porque elas são a prova de que o blog tá vivo e vc não é esquecida. E que afinal nem todos tem o mesmo senso de humor.
    Continue sendo vc mesma e seja feliz apesar de tudo. bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seu comentário aqui é soberano!

Postagens mais visitadas deste blog

Eu sou do Trecho

MINHA ROSA É ÚNICA NO MUNDO

Como curar panela de pedra sabão - a saga