Ê, Bahia... Bahia que não me sai do pensamento...

Parque de Pituaçu - Salvador - BA
Depois de um concurso legal (no sentido mais amplo da palavra) e de um final de semana na capital da minha querida Bahia, estou de volta a minha casinha. Home sweet home! Depois "updeito" este post. Ou não. Agora vou dormir, descansar que amanhã tem mais estudos para mais um concurso, dessa vez com mais de 13 mil concorrentes. É assim que eu gosto!

Enquanto isso na sala de justiça... Alguns sabem do debate suscitado nos bastidores recentemente, comparações feitas entre Aracaju e Salvador (ainda acho que não dá para comparar) e enquanto não faço um post decente escrevendo sobre, fiquem com essa descrição, catada do facebook, dos bairros da cidade de São Salvador e que eu adorei. 

Salvador é assim: Ninguém sabe a diferença entre Stiep e Costa Azul. Quem mora na Lapa sempre diz que mora nos Barris, quem mora na Boca do Rio diz que mora no Imbuí, quem mora no Saboeiro diz que mora no Cabula. Todo lugar de Salvador fica pertinho do bompreço, todo Soterapolitano ja entrou no Iguatemi, toda ladeira que você subir vai dar em Brotas. ... Ninguém sabe dividir Uruguai e Ribeira, ninguém sabe onde termina e onde começa a Pituba. Existe Cabula de 1 a 7 mas todo mundo só conhece o 6. Está perdido? Em via das dúvidas pegue o ônibus LAPA. ... Políticos só pisam na Liberdade no dia 2 de Julho. Brotas é um dos maiores bairros de Salvador, mas nenhum ônibus passa lá, passa no Bonocô, todo mundo sabe que o Bonocô qualquer hora está engarrafada, mas insiste em passar por lá. E por fim, não importa onde você esteja, Cajazeiras é Longe pra (...) !!!! 
(Renilza Mota)

Comentários

  1. Aproveitar os compromissos (no meu caso, de congressos; no seu, de concursos) para turistar é bom demais. Dois em um. A-d-o-r-o.

    Em relação á Salvador, repito o que tinha dito antes: 1) As ladeiras de Brotas têm as maiores inclinações do mundo. A Ladeira do Cai em Pé (que é na Barra) só não fica lá porque senão todas as ladeiras de Brotas teriam que receber esse título. 2) E se toda ladeira dá lá, qual-quer bairro da cidade também faz divisa com Brotas. Não me pergunte como. 4) Os Cabulas 1, 2, 3, 4, 5 e 7 não existem, são apenas lendas soteropolitanas. É a única explicação. Nunca conheci ninguém que morasse ou já tivesse estado em qualquer deles. 5) A Lapa existe, mas é como um buraco negro ou um mundo paralelo. Se você pega o ônibus Lapa você roda a cidade to-da, mas não chega nela nunca. Em compensação, se você se perder e não tiver a menor idéia de onde está de repente a Lapa irá se abrir sobre os seus pés (e quando você se der conta você estará dirigindo seu carro dentro de um terminal de ônibus vazio - sim, isso já aconteceu comigo). 6) Liberdade é terra de ninguém. Nem a polícia sobe lá. Mas no dia 2 de julho é certamente o lugar mais seguro da cidade. Se brincar, até a inteligência da FBI está por lá. 7) Se Cajazeiras é longe pra (...), Pirajá fica um pouco depois!

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkk!!! Da primeira vez eu já tinha rido bastante com o fato de vc ter entrado de carro num terminal, já aconteceu comigo e minhas primas aqui em Aracaju logo qd cheguei, só que o terminal da rodoviária estava cheio! Até hoje a gente conta dizendo que o povo todo deu a mão para o nosso carro parar. rsrsrsrs!!!

    ResponderExcluir
  3. Já me aconteceu de entrar no terminal da rodoviária de carro também, mas, pelo menos, da vez que isso aconteceu não era eu que estava dirigindo.

    Mas, po, convenhamos, aquele terminal é uma armadilha para quem não conhece o trânsito soteropolitano - é quase como se tivesse um aviso em neon: "turistas otários, entrem aqui (...) Rá, pegadinha do malandro"!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seu comentário aqui é soberano!

Postagens mais visitadas deste blog

Eu sou do Trecho

Como curar panela de pedra sabão - a saga

Cortina Longa x Cortina Curta