Recadastramento biométrico

Um post de utilidade pública. 

Meu título eleitoral sempre foi de Paulo Afonso-BA. Depois do casamento, com a mudança de nome e de documentos, resolvi transferir para cá porque era mais rápido, mais fácil e mais prático. Já tinha tido problemas suficientes com a carteira de identidade que era de Alagoas (sim, sou uma pessoa multi estados) e tive que ir em Delmiro Gouveia-AL para poder tirar outra e a minha foto ainda ficou horrorosa! Se resolvesse tirar uma nova aqui em Sergipe, teria que madrugar para poder pegar uma senha no Instituto de Identificação e ainda esperar quase 6 meses para recebê-la.

Pois bem, resolvido o problema do título rapidamente, sem filas e sem espera, mal recebi o mesmo já estava ouvindo nos noticiários que teria que voltar lá, madrugar para pegar uma senha, encarar uma espera horrenda para poder recadastrar com meus dados biométricos. Eu mereço! 

Enrolo que enrolo, deixando para a última hora para ver se as filas diminuíam, até que criaram o agendamento pela internet. Com dia e hora marcados fica-se mais fácil resolver a pendenga. Muitas colegas minhas só conseguiram vaga para daqui há 1 mês, então, certa disso acessei tranquilamente o site do TRE-SE para poder marcar a minha vaga.  Fui tentando link por link um lugar que tivesse vaga numa data mais próxima. O pior de todos era o CEAC do Shopping Rio Mar, lotado! Até que em um dos links do Fórum encontrei muitas vagas, em praticamente todos os horários, à noite, e para o dia seguinte! Ora, porque deixar para o mês que vem o que você pode fazer amanhã? Marquei!

No dia (noite) cheguei uns 20 minutos antes e na hora certinha, com uma surpreendente pontualidade britânica, fui atendida. Em 10 minutos tudo resolvido. A foto que foi tirada lá ficou maravilhosamente linda, como nenhuma foto 3x4 minha, 1 trilhão de vezes melhor que a do RG. Mas o título novo não vem com foto nenhuma, nem mesmo a impressão digital, muito menos a assinatura em que caprichei tanto escrevendo com aquela canetinha de computador. Tsk, ah! Recadastramento biométrico frustrante.


Fotos 3x4 é uma coisa horrorosa. Essa última é do meu RG. Cruz credo!
Já na do meu passaporte (que não está aqui) eu saí gatinha. 

Comentários

  1. Não sei porque toda foto 3x4 as pessoas dão a impressão de marginais. kkkkkk. Essas suas estão demais. Eu tenho umas que não mostro pra ninguém. E tu ainda publica. kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Kkkkkkkkkkkkk!!! Eu achei as fotos bonitas, ora! Menos a última, cara de morta da pêga. Agora, mainha, e aquela sua foto da carteira de motorista? Uma cara ruim de quem comeu e não gostou. rsrsrs!!!

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkk...Erika vc esta mt engraçada naqelas fotos la de ciimaa...as primeiras..rostinhu de menininhaa...e realmente concordo com a sua mãe,, pq tem fotos minha 3x4 que nem o meu namorado ainda nao viiu...qe eu axo medonhasss..huahuahua

    ResponderExcluir
  4. Teve uma época que eu era viciada em fotografias 3x4. Colecionava as dos meus amigos mais próximos e dos familiares mais queridos (do meu pai, tenho o ouro da coleção: 3x4 desde os cinco anos de idade). Talvez gostasse de carregar 'a versão mais feia' de todos eles.. só para continuar achando-os lin-dos!

    Olho para as suas e penso o mesmo. Até tronchinha, cabelo desalinhado, bico feito, olhos de ressaca e iluminada por esse flash frontal tão seco e cruel, vejo uma pessoa tão bela.

    ResponderExcluir
  5. Eu tb, Carol! Tb colecionava fotos 3x4 dos meus amigos. Nem sei onde foram parar...

    ResponderExcluir
  6. Eita,Carol tem alma de artista. Vê o belo no feio. É dom que ela ela tem.

    ResponderExcluir
  7. Tb tenho fotos 3x4 de vários amigos! E de Thi na minha carteira...

    ResponderExcluir
  8. Nem é alma de artista, D. Isa. Sou apenas bobona e babona com as pessoas de quem gosto. E, pelo visto, a Erika e a Livia também são.. ;)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seu comentário aqui é soberano!

Postagens mais visitadas deste blog

Como curar panela de pedra sabão - a saga

Eu sou do Trecho

Cortina Longa x Cortina Curta