A Insustentável Leveza do Ser

Filme do final de semana - The Unbearable Lightness of Being, 1988 - baseado no livro de Milan Kundera. Sempre vi esse livro na prateleira da casa de meus pais e sempre gostei do título - A Insustentável Leveza do Ser. Apesar dele sempre me chamar a atenção, não me lembro de tê-lo lido, agora estou curiosa para saber os pormenores dessa história, os conflitos dos personagens, a vida sentimental e psicológica deles. 

A história acontece em Praga, capital da República Checa, e também em Zurique-Suíça, em 1968 e atravessa algumas décadas. Narra os amores e os desamores de quatro pessoas: Tomás (Daniel Day-Lewis), Teresa (Juliette Binoche) e Sabina (Lena Olin) que vivem um triângulo amoroso. A história é permeada pela invasão russa à "Checoslováquia" (na época, República Theca e Eslováquia eram unidas em um só país) e pelo clima de tensão política que pairava na cidade durante esse período.
Tomas é um médico, bonito e atraente, que faz o tipo "pegador", livre e desimpedido, e vive uma vida de leveza alheia a quaisquer compromisso ou ideologias políticas.  Sabina é uma artista e a versão feminina de Tomas, formaria talvez um par perfeito se ele não tivesse encontrado Teresa, o oposto do que eles são, a única pessoa que não consegue suportar essa leveza de ser.

A expressão-título me parecia ser contraditória, mas depois de assistir o filme compreendi perfeitamente. Recomendo que assista e leia o livro também. Muito bom. 


 


Para pensar: 

‎"Agir, eis a inteligência verdadeira. Serei o que quiser. Mas tenho que querer o que for. O êxito está em ter êxito, e não em ter condições de êxito. Condições de palácio tem qualquer terra larga, mas onde estará o palácio se não o fizerem ali?"
 -- Fernando Pessoa

Comentários

  1. O filme eu nunca vi (e nem sabia que existia), mas o livro está entre os meus preferidos, ever. É desses que você começa a ler e só quer parar quando vê o ponto final na última página. Recomendo.

    ResponderExcluir
  2. Tenho este livro, que li já faz algum tempo. É um dos meus preferidos também. Não vi o filme ainda.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seu comentário aqui é soberano!

Postagens mais visitadas deste blog

Eu sou do Trecho

Como curar panela de pedra sabão - a saga

Cortina Longa x Cortina Curta