Recomeço

Não te deixes destruir... 
Ajuntando novas pedras e construindo novos poemas.
Recria tua vida, sempre, sempre.
Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça.
Faz de tua vida mesquinha um poema.
E viverás no coração dos jovens e na memória das gerações que hão de vir.
Esta fonte é para uso de todos os sedentos.
Toma a tua parte.
Vem a estas páginas e não entraves seu uso aos que têm sede.
(Cora Coralina)

Estou eufórica com as mudanças que o novo ano trará para nós. Mal consigo raciocinar direito. Assustada, mas feliz. :)

Comentários

  1. Ahh, pra quem tem o seu histórico em relação a mudanças, aposto que você vai tirar de letra. Você e Ivanir, aliás. Acho que já dá pra tirar o 'assustada' e ficar só com o 'feliz' ;)

    Eu é que ando dividida sobre o que desejar para 2012: as vezes quero que tudo permaneça do jeitinho que está, outras vezes rezo por uma mudança radical, dessas de botar o mundo de cabeça pra baixo. E nem sei se meio termo serve, hehehe.

    ResponderExcluir
  2. Escrevi um comentário enorme, respondendo o seu, a droga da internet caiu e perdi tudo. Tô aqui tentando lembrar o que era pra escrever de novo. rs!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seu comentário aqui é soberano!

Postagens mais visitadas deste blog

Como curar panela de pedra sabão - a saga

Eu sou do Trecho

Cortina Longa x Cortina Curta