Ontem dormi ao som dessa música aê. Vinha de longe, lá do palco do forró Caju. Loucura minha, me deu a maior vontade de estar lá. Queria que estivesse chovendo, chuvinha fina... e eu de braços pra cima cantando essa música em toda altura. Doidice, né?

O Amanhã é Distante
(Bob Dylan) (Versão de Geraldo Azevedo/Babal)

E se hoje não fosse essa estrada
Se a noite não tivesse tanto atalho
O amanhã não fosse tão distante
Solidão seria nada pra você

Se ao menos o meu amor
Estivesse aqui
E eu pudesse ouvir seu coração
Se ao menos mentisse ao meu lado
Estaria em minha cama outra vez

Meu reflexo não consigo ver na água
Nem fazer canções sem nenhuma dor
Nem ouvir o eco dos meus passos
Nem lembrar meu nome
Quando alguém chamou

Há beleza no rio do meu canto
Há beleza em tudo que há no céu
Porém nada com certeza é mais bonito
Quando lembro dos olhos do meu bem


Acho que vou fazer como meu amigo Gui e prometer: quando meu blog chegar na marca dos 11.000, eu revelo a ficha do meu namoradinho. Quem quiser aguardar...
Só adianto uma coisa... ele tem olhos lindos!

Por enquanto eu queria pedir uma coisa...
Gentem, visitem o Tops de Linha! Tá, eu sei, é uma porcaria. Tá abandonado, quase ninguém se preocupa com que vai escrever... mas me sinto desprezada com a escassez de comentários. Por favor, eu imploro...
Sede meus amigos, estou só!!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eu sou do Trecho

MINHA ROSA É ÚNICA NO MUNDO

Como curar panela de pedra sabão - a saga